Resenha Papas em Portugal (My Sound Magazine)

Na LX Factory, neste Open Day a 10 de maio, os eventos eram mais do que muitos: inaugurações de exposições, conferências, vendas de artesanato, para além dos típicos jantares, comes e bebes. Chegar e estacionar nas redondezas foi tarefa complicada mas a noite quente permitia andar a pé por Lisboa sem se acordar com dores de garganta no dia seguinte.

Pouco faltava para a meia noite quando Papas da Língua subiram ao palco no Espaço Brasil. Antes o compositor Sérgio Ricardo, bem como a sua banda, aqueceram todos que, àquela hora se lá juntaram. O público era variado, os fans eram muitos, o ambiente estava quente, as luzes baixas, o som alto, portugueses e brasileiros não se distinguiam. O público queria-se divertir e foi isso que aconteceu logo desde a agitada “Disco Rock”, a primeira da noite, do último CD que já data de 2011.

Será uma piada fácil ironizar o facto do “inho” em Serginho Moah, o grande negro de óculos escuros e trancinhas compridas, o vocalista, que de “inho” não tem nada. Começou logo desde início a puxar pelo público: ele é mão no ar, ele é pousar para as fotos das gentes femininas da fila da frente, ele é voz forte, ele é tudo em grande!

Matéria na íntegra: http://www.mysound-mag.com/2013/05/papas-da-lingua-espaco-brasil.html